quinta-feira, 26 de março de 2009

Limp Bizkit - My Way


“This time I'm 'a let it all come out
This time I'm 'a stand up and shout
I'm 'a do things my way
It's my way
My way, or the highway”


Foi difícil escolher apenas uma música para o post de hoje.
Nessa semana resgatei tantas músicas que já significavam muito para mim, e hoje ganharam novos sentidos.
Então decidi enfiar o pé na jaca (ovelha negra – mode on) e falar de uma música que é de uma banda desprezada por muitos, principalmente por roqueiros que odiavam a fase de ouro do “new metal”!

A voz do Fred Durst me irrita, mesmo assim, adoro o Limp Bizkit! (Vai entender!)
Minha fúria juvenil não seria nada sem os “fuck off’s” do Limp.
My Way fala sobre bater de frente com aquilo que impede seu avanço.
De não se calar, de agir, gritar!

Com 15 anos, vítima de Bullying desde a infância, ouvir alguém falando que não vai mais aceitar as coisas como estão, é inspirador! Para mim foi!
Sou diferente das garotas por ai, sou nerd sim, e daí? Não sou tão inteligente, sou esforçada! Porque era zoada por isso? Era mais fácil me criticar do que se esforçar para ser tão bom quanto eu?
Já fui mais gordinha, agora estou me esforçando (com sucesso, uhu) para emagrecer, não para ser a Gisele Bündchen, mas para olhar no espelho e gostar de mim! E eu não sou bonita como uma modelo, mas tenho o meu charme.

Levei muito tempo para aceitar tudo isso. Para me encontrar, porque sempre diziam que eu não era capaz, que eu não passava de um nada, que era feia e que não conseguiria mudar nada disso.
Demorei, mas um dia eu disse: “Hey stupid! I'm gonna do things my way!”

Algumas pressões juvenis voltaram a me perseguir, porque há pessoas que se recusam a amadurecer, “they never know where they're gonna go”, um foda-se sonoramente “gentil” para esses “pseudos” cools!

Letra , vídeo da música e um VIVA pq o Limp Bizkit acabou de voltar, com seu guitarrista original, meu amado, estranho e bizarro Wes Borland!

Esse post poderia ser duplo, pq a Take a Look Around tb “tocou” muito nessa semana, se quiserem conferir, eis a letra: Limp Bizkit – Take A Look Around.


Razorblade Kisses

11 comentários:

Lee Holloway disse...

É isso aí, doutora! Um foda-se bem grande pras pessoas estúpidas! E gente cool demais é um saco. Aliás, tudo que é demais é chato.

Confesso que não curto Limp Bizkit, mas todo nós temos uma música especial que nos ajuda a continuar, né?

Beijinho!

Dra. May Keenan disse...

Mô, querida!

Quanta emoção ver o Limp aqui!
Não posso esquecer que foi porcausa deles que nos tornamos amigas... ta´bom, não necessariamente porcausa deles, mas eles até tiveram uma participaçãozinha!

O Limp me ajudou tb a falar akele "FUCK YOU" bem grande pra todos que me incomodavam e sim, eram eles que faziam parte das trilhas sonoras do fim da minha adolescência...

Não sei se hoje eu conseguiria gostar deles como eu gostava antes...mas quem sabe né?

E é isso ai!

Manda tudo que tá te irritando se fuder ta? ahahha

Beijinhos Mô!

Branca de Neve Desencantada disse...

Oieee!

Olha, posso dizer que passei pela minha fase princesa revoltada, e LB esteve presente.

E que bom que eles voltaram né?

Beijinhos desencantados...

Elber disse...

pow! eu poderia ter escrito tudo isso...pq eh exatamente como eu me sentia quando conheci esse som *_*

limp mudou minha vida para sempre!

LB e The presidents of the USA ^^

Bela Adormecida Desencantada disse...

Odeio bruxas, sapos e afins que tentam nos derrubar com pressão e ofensas!
É muito bom ter algo para nos ajudar a levantar a cabeça e seguir em frente!

Bjokinhas

Bela

Dra. Morticia disse...

Lee: Sim, o Limp foi uma das bandas que na adolescência ajudo ua liberar minha raiva e seguir em frente! ^^

Keenan: Hoje em dia nem tem como ser a mesma coisa né? Os sentimentos mudam, mas engraçado como eles se adequaram em alguns novos contextos da minha vida...

Branca e Bela: obrigado pela divulgação em seu blog, olha que fofo galera:
http://reino-desencantado.blogspot.com/2009/03/trovadoras_28.html

Ah Branca, dizem que eles podem vir ao Brasil, vamos aguardar!

Elber: Espero que o Limp tenha te ajudado a "liberar" sua fúria como me ajudou!

Razorblade Kisses

dra Bennet disse...

Confesso que nunca tinha ouvido essa música antes, rss.
O importante é que ela te fez levantar a cabeça e dar um "FUCK OFF" p/ todos aqueles que se acham melhores (e que na verdade não são).
Isso aí, Mô !!!!

Beijos

Lais disse...

Eu sempre fui apixonada pelo Wes!!!
Nossa, fazia anos que não ouvia essa musica! Obrigada, me fez sentir bem hoje!

bjs

dolci disse...

Nossa, está tão cheio de doutoras e "princesas" nesses coments que até me perdi agora!!!

Adorava Limp Bizkit...essa música era uma das minhas favoritas, mas faz um bom tempo que não ouço!!!

anyway...BEIJOS

Moreloca disse...

Cara que loucura!!!

Como vocês disseram que Limp Bizkit fizeram parte da adolescência de vcs, acredito que tenhamos quase a mesma idade.

Confesso que lá atrás (faz tempo...rs) quando conheci o LB, tinha um certo preconceito. Justamente como você disse Mô, coisa de roqueiro mané (rs). Hoje estou bem mais receptiva a esse tipo de música. Muchas Gracias!

Voltando ao Limp, lembro que "Behind Blue Eyes" tocou pra caramba, porém, "My Way" era o "grito" da época.

Só pra encerrar, outra banda bem parecida com o LB era a Linkin Park... muito legal, fazia um som pouco mais pesado também.

É isso meninas!

Vão postando aí sobre nossas musiquinhas de baú...rs

Beijos e Sucesso!

Moreloca

Bridget Jones disse...

Antes tarde do que nunca né Mortícia, minha delícia!

Então, eu não gostava de Limp Biskit, mas acghava esta musica muito gostosinha, ritmada e tal. O importante é o que ela significou pra vc, te libertando de traumas e de coisas que te deixariam parada.

Ainda bem que vc definitivamente encontrou Your Way e hj é esta pessoa linda que eu já conheci poderosa.